Mais brilho no cinza parta?

Ola a todos,

Resolvi investir na velhinha (2011) cinza parta,

Como dar uma "lotada de ar fresco"

pensei em lavar com o purifica da laboscosmetica mas queria dar lhe um brilho extra, como consegui -lo?

Obrigado
 

Detalhe

Administrador
Staff
Ola a todos,

Resolvi investir na velhinha (2011) cinza parta,

Como dar uma "lotada de ar fresco"

pensei em lavar com o purifica da laboscosmetica mas queria dar lhe um brilho extra, como consegui -lo?

Obrigado
Descontamina, lava com o Purifica, com shampoo normal, e depois aplica o novo CMX da Mothers. Vê o post do Henrique de há uns dias.
 
Peço desculpa por aproveitar o tópico mas penso que pode ajudar ambos.
Este CMX a nível de durabilidade pode-se dizer que se aproxima de uma cera em pasta tipo collinite 845 mas com melhor look?
Detalhe, referiste fazer descontaminação, mas por exemplo como eu, que tendo uma pintura escura com 8 anos com bastante contaminação e bastantes swirls, queira evitar usar claybar devido aos riscos que irei provocar.....pois não tenho máquina de polir, terei algum benefício por exemplo, fazer pre lavagem com car star diluído, seguido de descontaminação férrea, lavagem com shampoo neutro, usar acrysol para alcatrão e alguns fósseis....ganharia alguma coisa usando também o energo nesta situação?....por fim preparar a pintura com soft 99 micro liquid compound e CMX da Mothers?
Ou terei melhores resultados descontaminar com clay bar e polir manualmente e depois aí sim proteger a pintura?
Peço desculpa por tanta pergunta, e pela minha intromissão.
Abraço a todos
 

Detalhe

Administrador
Staff
Peço desculpa por aproveitar o tópico mas penso que pode ajudar ambos.
Este CMX a nível de durabilidade pode-se dizer que se aproxima de uma cera em pasta tipo collinite 845 mas com melhor look?
Detalhe, referiste fazer descontaminação, mas por exemplo como eu, que tendo uma pintura escura com 8 anos com bastante contaminação e bastantes swirls, queira evitar usar claybar devido aos riscos que irei provocar.....pois não tenho máquina de polir, terei algum benefício por exemplo, fazer pre lavagem com car star diluído, seguido de descontaminação férrea, lavagem com shampoo neutro, usar acrysol para alcatrão e alguns fósseis....ganharia alguma coisa usando também o energo nesta situação?....por fim preparar a pintura com soft 99 micro liquid compound e CMX da Mothers?
Ou terei melhores resultados descontaminar com clay bar e polir manualmente e depois aí sim proteger a pintura?
Peço desculpa por tanta pergunta, e pela minha intromissão.
Abraço a todos
Ora bem, há aqui várias questões que devem ser consideradas.

O CMX, em testes feitos ao longo do último ano, demonstrou durar pelo menos 6 meses em carros sem especial cuidado, uso diário, etc. Portanto durar dura. Agora, nenhum tipo de proteção vai deixar grande aspeto no acabamento se a base não for boa, se a superfície não estiver bem preparada. Além de que se houver contaminação na superfície ao aplicar uma proteção, não só não vamos ter a suavidade que gostamos e que ajuda a repelir a água, insetos, sujidade, etc, como também vamos manter essa contaminação mais tempo em contacto com a pintura, com a chapa, podendo acelerar a sua degradação.
O ideal no teu caso era mesmo descontaminar corretamente, polir o necessário para deixar a pintura no melhor estado possível, sem comprometer a sua durabilidade, e por fim proteger. Não podendo polir convenientemente com máquina, podes tentar remediar com trabalho manual. Leva mais tempo e os resultados não são tão bons, mas sempre fica melhor. Agora importante mesmo é descontaminar.
O que faria neste caso seria, lavar o carro bem para eliminar a sujidade solta, depois, como em cores claras é relativamente fácil ver a contaminação férrea, aplicar o Iron onde necessário. Deixar atuar uns minutos e passar água antes de secar. Depois, usando uma clay bar e um lubrificante de qualidade, por exemplo os da Gyeon, descontaminar com o devido cuidado para remover os resíduos e deixar o mínimo de marcas. Afinal, se a pintura tem 8 anos de swirls, não se vai notar grande coisa da passagem da clay. Quando já sentirmos a superfície lisa, sem contaminação, lavar de novo o carro e secar.
Entra então a fase de polimento, manual neste caso. Usaria por exemplo o Scholl S17+ , um composto de corte que pode ser usado à mão, e deixa um bom acabamento. Trabalhar sempre em pequenas secções até obter as melhorias desejadas. Este processo pode ir-se alargando ao longo do tempo, é impossível fazer tudo em 1 ou 2 dias.
Por fim, quando o acabamento já estiver ao gosto, na medida do possível, é aplicar a proteção.
Com tudo isto, pode não ficar perfeito, mas quem vê o carro a uns metros de distância parece novo :cool:
 
Obrigado pelo esclarecimento. Acho que vou ter de investir numa orbital e se calhar experimentar os polishes da scholl. Depois aplicar o mothers cmx.
As costas vão agradecer:p

Abraço
 
Top