Remover risco - Proteção Cerâmica

Boa tarde,

Tenho uma viatura com proteção cerâmica efetuada numa casa da especialidade, apenas com 3 meses.

Infelizmente detetei um enorme risco em toda a porta da viatura que acredito que não irá apenas sair com polimento, mas sim será necessário recorrer ao uso de lixa, polimento e cera de proteção, pois possui algumas zonas mais “profundas”.

Tudo isto seria mais simples se não tivesse a proteção cerâmica a manter. O que aconselham, sem estar de novo a recorrer à casa da especialidade, ou seja, após lixar e polir, que cera deverá ser aplicada? Cera proteção normal e depois a cera proteção cerâmica?

A técnica para remover o risco não me parece complexa, sem qualquer necessidade de pintar o painel, mas a dúvida reside na parte final da cera a usar na proteção.

Obrigado.
 
Sinceramente se fosse eu deixava andar até a protecção cerâmica "acabar" e depois sim tratava do risco e fazia nova protecção.
 
Sinceramente se fosse eu deixava andar até a protecção cerâmica "acabar" e depois sim tratava do risco e fazia nova protecção.
Entendo e agradeço a opinião, mas o risco cobre toda a porta, é algo a reparar com celeridade, sendo que a proteção cerâmica tem garantia de 2/3 anos, demasiado tempo para deixar um risco bem visível no carro.
 
Se te preocupa a garantia, deverás contactar o instalador para reparar essa zona e fica como novo.
O processo será lixar e polir a zona, reaplicar o coating e feito. Ou seja, retiras a proteção, reparas o estrago e o estrago induzido (lixa) e volta a levar uma camada de proteção.
Se é que estamos a falar de coatings, ou ceras?!
 
Top