Swirls/riscos em plástico interior e frisos exteriores

Boas, pessoal!
Adquiri há pouco tempo uma 308SW de 2018 preta que sofreu aquilo a que já estamos habituados: lavagens nas esfregonas industriais, sol, utilização descuidada. O resultado são swirls mais ou menos profundos um pouco por todo o lado, até no interior. Já lá vão 2 semanas e ainda não tive coragem para "pegar o leão pelos cornos", porque sei o que vai custar... Antes disso preciso de ajuda: os plásticos interiores "piano black" estão com swirls, assim como os painéis exteriores entre os vidros, que não sei de que material são feitos*. O que posso fazer para os recuperar (produtos e método de aplicação)?
Obrigado pela atenção!
*envio imagens para ajudar
 

Anexos

Por acaso tenho 2 carros com ligeiros swirls embora não tão maus quanto esse também gostava de saber que produtos para voltarem a ser piano black... Agora é piano scratch...
 
Depende do plástico e da forma como o mesmo vai reagir, tal e qual como a pintura. Também os riscos vão ditar a escolha.
Os dois últimos casos:
1- Pilares Volvo V40: 1 set mais lento com boinas Rupes amarela e KochChemie M3.02 ficou quase perfeito.
O carro tinha sido acondicionado recentemente e os riscos eram muitos mas pouco profundos.

2- Mercedes B-class: Tentei Sonax Perfect Finish com Rupes amarela, melhorou mas continuava com riscos.
Troquei para boina Lake Country HDO Microfibra com o mesmo produto e desapareceram os riscos MAS piorou o brilho.
Terminei com Perfect Finish mas com boina Vermelha da Shinemate (idêntica às brancas da Rupes ou Pretas da Lake Country) e ficou feito

Ou seja, no primeiro caso os riscos eram mais softs e com pouca agressividade (devemos começar sempre por aí) foi suficiente.
No segundo caso teve de se aumentar o corte para tirar riscos mais fundos, neste caso através da boina, mas a microfibra revelou ser demasiado e deixou a superficie com menos gloss. Talvez aqui uma Lake country azul tivesse sido melhor opção mas foi corrigido com um polimento mais fino.

Tenho usado os compostos Koch Chemie e Sonax, Boinas Rupes e Lake country, não a linha completa das marcas mas uma seleção que me permite uma gama alargada de utilização. Óbvio que nem toda a gente quer ter isto tudo e indicar um em específico é difícil de fazer pois nas variáveis são algumas.
O ideal será smepre começar pelo menos agressivo e ir trabalhando a partir daí.
Ainda assim, para simplificar pode-se sempre apostar numa combinação "meia casa".
Para isso, do que tenho disponível escolheria um Perfect Finish ou KChemie M6.01 com Rupes amarela ou LC HDO laranja... talvez não fique perfeito mas será o mais intermédio, havendo a possibilidade de jogar com a técnica para modificar o comportamento - ex. menos produto para acabamento ou mais produto para mais tempo de corte, menos velocidade de maquina para acabamento, menos velocidade de braço para mais corte, etc).

Obviamente que superfícies limpas e áreas devidamente isoladas para se polir apenas o que se quer polir. No

Especial atenção a riscos severos, aí mais vale viver com eles do que queimar o plástico.

Falo destas marcas porque é o que tenho usado, certamente que com outras conseguirás os resultados
 
Depende do plástico e da forma como o mesmo vai reagir, tal e qual como a pintura. Também os riscos vão ditar a escolha.
Os dois últimos casos:
1- Pilares Volvo V40: 1 set mais lento com boinas Rupes amarela e KochChemie M3.02 ficou quase perfeito.
O carro tinha sido acondicionado recentemente e os riscos eram muitos mas pouco profundos.

2- Mercedes B-class: Tentei Sonax Perfect Finish com Rupes amarela, melhorou mas continuava com riscos.
Troquei para boina Lake Country HDO Microfibra com o mesmo produto e desapareceram os riscos MAS piorou o brilho.
Terminei com Perfect Finish mas com boina Vermelha da Shinemate (idêntica às brancas da Rupes ou Pretas da Lake Country) e ficou feito

Ou seja, no primeiro caso os riscos eram mais softs e com pouca agressividade (devemos começar sempre por aí) foi suficiente.
No segundo caso teve de se aumentar o corte para tirar riscos mais fundos, neste caso através da boina, mas a microfibra revelou ser demasiado e deixou a superficie com menos gloss. Talvez aqui uma Lake country azul tivesse sido melhor opção mas foi corrigido com um polimento mais fino.

Tenho usado os compostos Koch Chemie e Sonax, Boinas Rupes e Lake country, não a linha completa das marcas mas uma seleção que me permite uma gama alargada de utilização. Óbvio que nem toda a gente quer ter isto tudo e indicar um em específico é difícil de fazer pois nas variáveis são algumas.
O ideal será smepre começar pelo menos agressivo e ir trabalhando a partir daí.
Ainda assim, para simplificar pode-se sempre apostar numa combinação "meia casa".
Para isso, do que tenho disponível escolheria um Perfect Finish ou KChemie M6.01 com Rupes amarela ou LC HDO laranja... talvez não fique perfeito mas será o mais intermédio, havendo a possibilidade de jogar com a técnica para modificar o comportamento - ex. menos produto para acabamento ou mais produto para mais tempo de corte, menos velocidade de maquina para acabamento, menos velocidade de braço para mais corte, etc).

Obviamente que superfícies limpas e áreas devidamente isoladas para se polir apenas o que se quer polir. No

Especial atenção a riscos severos, aí mais vale viver com eles do que queimar o plástico.

Falo destas marcas porque é o que tenho usado, certamente que com outras conseguirás os resultados
Muito obrigado, JoaoDHC. Compreendo perfeitamente a dificuldade de acertar à 1ª e das múltiplas variantes envolvidas. Pelo que percebi, não usaste nenhum produto específico para estes plásticos. Vou seguir o teu conselho e começar com um polish fino e velocidade média, depois... logo se vê!!! Realmente é uma pena se perder o brilho, que é uma característica deste tipo de materiais.
Cumps
 
Muito obrigado, JoaoDHC. Compreendo perfeitamente a dificuldade de acertar à 1ª e das múltiplas variantes envolvidas. Pelo que percebi, não usaste nenhum produto específico para estes plásticos. Vou seguir o teu conselho e começar com um polish fino e velocidade média, depois... logo se vê!!! Realmente é uma pena se perder o brilho, que é uma característica deste tipo de materiais.
Cumps
O brilho não se perde e está lá sempre, só tem de ser trabalhado se for necessário.
Não esquecer de no fim de cada set soprar a boina para os resultados serem consistentes. Em termos de tamanho, 3 polegadas costuma servir nos pilares exteriores, para o interior pode ser mais complicado e talvez à mão seja preferível.
Depois comenta os resultados
 
Última edição:
Polir á mão está fora de questão?
Não, mas nunca o fiz sem ser em pequenas áreas por isso não sei bem o que esperar.
Provavelmente uma boa dose de trabalho mas não é impossível, o importante é ser consistente do início ao fim e ter espirito crítico.
 
Última edição:
O brilho não se perde e está lá sempre, só tem de ser trabalhado se for necessário.
Não esquecer de no fim de cada set soprar a boina para os resultados serem consistentes. Em termos de tamanho, 3 polegadas costuma servir nos pilares exteriores, para o interior pode ser mais complicado e talvez à mão seja preferível.
Depois comenta os resultados
Mais 1X, obrigado!
Encontrei este vídeo de um detailer que também deves conhecer e ilustra bem esta nossa discussão.
Para os que não estão tão à vontade com os produtos e técnicas, vejam a partir dos 6m10s.
Abraço
 
Top