[How To] Proteções cerâmicas em spray fáceis de aplicar: Merecem a pena?

Detalhe

Administrador
Staff
Ultimamente têm surgido várias proteções cerâmicas para a pintura em spray, fáceis de aplicar, e uma pergunta quase diária é se valem a pena em relação aos revestimentos tradicionais. A resposta é, sim, valem a pena em vários sentidos.

As proteções cerâmicas 'normais' ou tradicionais, contêm uma percentagem de SiO2 grande, que lhes permite criar uma película na pintura cuja expessura pode ser medida em µ, normalmente à volta de 3. Esta película é muito dura, podendo chegar até a 9H. É a chamada proteção física, que protege entre outras, dos pequenos riscos resultantes do contacto. Ao lavar, ao roçar um saco de compras, etc. É a proteção que normalmente mais tempo dura.

Atualmente quase todos os revestimentos cerâmicos físicos são complementados pela componente química, que além de proteger o primeiro contra certos contaminantes, proporciona maior suavidade ao acabamento, aumentando a sua capacidade de repelência e auto limpeza, e maior "brilho".

Então, é mais ou menos este último componente, o químico, com uma percentagem de SiO2 ou TiO2 muito menor, mas com a mesma suavidade, repelência de água (hidrofobia), auto limpeza e 'aspeto'. Sendo muito mais fáceis de aplicar, alguns como o Gliss da Fictech tão fáceis como um normal QD, são a porta para quem quer entrar no mundo das proteções cerâmicas, sem seguir os passos completos, ainda que sem a mesma dureza e durabilidade. Recordar que os primeiros coatings de quartzo deixaram mossa, muita gente ainda tem medo de fazer asneira ao aplicar cerâmica, apesar de hoje em dia serem muito mais tolerantes e fáceis de usar.

Posto isto, podemos considerar a aplicação das cerâmicas como a Mothers CMX, Meguiars Hybrid Ceramic Wax, Fictech Gliss ou a nova One, por si só são uma excelente opção:

- Como complemento de uma proteção cerâmica existente, reforçando a qualidade do acabamento, suavidade e durabilidade.
- Como proteção única, beneficiando das suas características hidrofóbicas, suavidade e brilho equivalentes ao revestimento 'completo'.
- Como complemento a outro tipo de proteção existente.

A durabilidade deste tipo de cerâmicas varia atualmente dos 2 as 12 meses, obviamente dependente do uso que o veículo tem e do cuidado na sua manutenção. Por isso, sendo tão fáceis de aplicar, não custa nada dar mais uma camada ao fim de 3 ou 6 meses.

Preparação para aplicação. Como qualquer outra proteção, o aspeto final e a durabilidade vão depender da preparação da superfície, nenhuma cera, selante ou coatings faz milagres numa base descuidada. Assim, a superfície descontaminada e desengordurada serão uma base excelente para a sua aplicação. E se não tiver riscos ainda melhor!
 
Ultimamente têm surgido várias proteções cerâmicas para a pintura em spray, fáceis de aplicar, e uma pergunta quase diária é se valem a pena em relação aos revestimentos tradicionais. A resposta é, sim, valem a pena em vários sentidos.

As proteções cerâmicas 'normais' ou tradicionais, contêm uma percentagem de SiO2 grande, que lhes permite criar uma película na pintura cuja expessura pode ser medida em µ, normalmente à volta de 3. Esta película é muito dura, podendo chegar até a 9H. É a chamada proteção física, que protege entre outras, dos pequenos riscos resultantes do contacto. Ao lavar, ao roçar um saco de compras, etc. É a proteção que normalmente mais tempo dura.

Atualmente quase todos os revestimentos cerâmicos físicos são complementados pela componente química, que além de proteger o primeiro contra certos contaminantes, proporciona maior suavidade ao acabamento, aumentando a sua capacidade de repelência e auto limpeza, e maior "brilho".

Então, é mais ou menos este último componente, o químico, com uma percentagem de SiO2 ou TiO2 muito menor, mas com a mesma suavidade, repelência de água (hidrofobia), auto limpeza e 'aspeto'. Sendo muito mais fáceis de aplicar, alguns como o Gliss da Fictech tão fáceis como um normal QD, são a porta para quem quer entrar no mundo das proteções cerâmicas, sem seguir os passos completos, ainda que sem a mesma dureza e durabilidade. Recordar que os primeiros coatings de quartzo deixaram mossa, muita gente ainda tem medo de fazer asneira ao aplicar cerâmica, apesar de hoje em dia serem muito mais tolerantes e fáceis de usar.

Posto isto, podemos considerar a aplicação das cerâmicas como a Mothers CMX, Meguiars Hybrid Ceramic Wax, Fictech Gliss ou a nova One, por si só são uma excelente opção:

- Como complemento de uma proteção cerâmica existente, reforçando a qualidade do acabamento, suavidade e durabilidade.
- Como proteção única, beneficiando das suas características hidrofóbicas, suavidade e brilho equivalentes ao revestimento 'completo'.
- Como complemento a outro tipo de proteção existente.

A durabilidade deste tipo de cerâmicas varia atualmente dos 2 as 12 meses, obviamente dependente do uso que o veículo tem e do cuidado na sua manutenção. Por isso, sendo tão fáceis de aplicar, não custa nada dar mais uma camada ao fim de 3 ou 6 meses.

Preparação para aplicação. Como qualquer outra proteção, o aspeto final e a durabilidade vão depender da preparação da superfície, nenhuma cera, selante ou coatings faz milagres numa base descuidada. Assim, a superfície descontaminada e desengordurada serão uma base excelente para a sua aplicação. E se não tiver riscos ainda melhor!
Podemos aplicar cera em cima de proteções cerâmicas para aumentar mais o brilho?
 
Ultimamente têm surgido várias proteções cerâmicas para a pintura em spray, fáceis de aplicar, e uma pergunta quase diária é se valem a pena em relação aos revestimentos tradicionais. A resposta é, sim, valem a pena em vários sentidos.

As proteções cerâmicas 'normais' ou tradicionais, contêm uma percentagem de SiO2 grande, que lhes permite criar uma película na pintura cuja expessura pode ser medida em µ, normalmente à volta de 3. Esta película é muito dura, podendo chegar até a 9H. É a chamada proteção física, que protege entre outras, dos pequenos riscos resultantes do contacto. Ao lavar, ao roçar um saco de compras, etc. É a proteção que normalmente mais tempo dura.

Atualmente quase todos os revestimentos cerâmicos físicos são complementados pela componente química, que além de proteger o primeiro contra certos contaminantes, proporciona maior suavidade ao acabamento, aumentando a sua capacidade de repelência e auto limpeza, e maior "brilho".

Então, é mais ou menos este último componente, o químico, com uma percentagem de SiO2 ou TiO2 muito menor, mas com a mesma suavidade, repelência de água (hidrofobia), auto limpeza e 'aspeto'. Sendo muito mais fáceis de aplicar, alguns como o Gliss da Fictech tão fáceis como um normal QD, são a porta para quem quer entrar no mundo das proteções cerâmicas, sem seguir os passos completos, ainda que sem a mesma dureza e durabilidade. Recordar que os primeiros coatings de quartzo deixaram mossa, muita gente ainda tem medo de fazer asneira ao aplicar cerâmica, apesar de hoje em dia serem muito mais tolerantes e fáceis de usar.

Posto isto, podemos considerar a aplicação das cerâmicas como a Mothers CMX, Meguiars Hybrid Ceramic Wax, Fictech Gliss ou a nova One, por si só são uma excelente opção:

- Como complemento de uma proteção cerâmica existente, reforçando a qualidade do acabamento, suavidade e durabilidade.
- Como proteção única, beneficiando das suas características hidrofóbicas, suavidade e brilho equivalentes ao revestimento 'completo'.
- Como complemento a outro tipo de proteção existente.

A durabilidade deste tipo de cerâmicas varia atualmente dos 2 as 12 meses, obviamente dependente do uso que o veículo tem e do cuidado na sua manutenção. Por isso, sendo tão fáceis de aplicar, não custa nada dar mais uma camada ao fim de 3 ou 6 meses.

Preparação para aplicação. Como qualquer outra proteção, o aspeto final e a durabilidade vão depender da preparação da superfície, nenhuma cera, selante ou coatings faz milagres numa base descuidada. Assim, a superfície descontaminada e desengordurada serão uma base excelente para a sua aplicação. E se não tiver riscos ainda melhor!
O gyeon wetcoat entra um pouco nessa gama de protetores cerâmicos apesar de ser uma proteção muito mais fraca correto?
 

Detalhe

Administrador
Staff
O MOHS continua a ser das melhores opções em termos de facilidade de uso, durabilidade e acabamento.
 
Não achei! É apenas uma questão de ter tempo para o fazer... basicamente tem de ter dois dias livres para fazer o procedimento em condições e com calma
 
Alguém tem opinião do Fictech Gliss?

Não se ouve falar muito nos fóruns. Já vi em algum lado que tem a volta de 8% de SiO2 o que parece acima do normal nos produtos do género (normalmente <5%)
Mas não vi nada concreto de durabilidade.

Mothers Cmx há americanos que dizem que ao fim de 1 mês perde o efeito de replencia da água.

Meguiars Hybrid Ceramic Wax já se fala de 2 a 3 mese de duração com bons resultados. Mas a pessoas que dizem que é mais difícil de o carro ficar sem manchas

Enviado do meu ANE-LX1 através do Tapatalk
 
Alguém tem opinião do Fictech Gliss?

Não se ouve falar muito nos fóruns. Já vi em algum lado que tem a volta de 8% de SiO2 o que parece acima do normal nos produtos do género (normalmente <5%)
Mas não vi nada concreto de durabilidade.

Mothers Cmx há americanos que dizem que ao fim de 1 mês perde o efeito de replencia da água.

Meguiars Hybrid Ceramic Wax já se fala de 2 a 3 mese de duração com bons resultados. Mas a pessoas que dizem que é mais difícil de o carro ficar sem manchas

Enviado do meu ANE-LX1 através do Tapatalk
Mas esses produtos duram tão pouco? Isso então está muito longe das prestações de uma cera em pasta . . . . O que não era suposto
 
Sinceramente não me parece que o custo beneficio se justifique quando existem no mercado ceras com duração de 6 e até 12 meses como a Fusso Coat 12 months da Soft 99.

Já se sabe que a aplicação é mais difícil e morosa mas a protecção também dura muito mais tempo e acaba por ficar bem mais barato..
 
É preciso perceber que muitos destes produtos ainda estão a ser testados pelo pessoal... Os produtos são muito recente também.

Normalmente quem está comprar os produtos é pessoal que quer um detalhe rápido com pouco esforço. Ou seja não sei até que ponto estão a preparar a pintora bem.

Já li inclusive pessoal a aplicar o Meguiars Hybrid Ceramic aplicado direto na pintura seca (diluído com água destilada com 10:1) e a falar que o carro ficou muito bom.



Enviado do meu ANE-LX1 através do Tapatalk
 
As proteções cerâmicas rápidas em spray apresentam as mesmas características dos coatings, mas duram menos.
A principal característica é a repelência de água e de sujidade, nenhuma cera ou selante chegam perto destas proteções.
Enquanto a durabilidade, na minha experiência, duram um pouco mais do que muitos selantes e ceras.
Ao contrário do Detalhe, vejo no geyon wetcoat e outros produtos semelhantes, boas propriedades para se utilizarem como proteções únicas.
Onde este tipo de produtos perde claramente para muitos selantes e ceras é no brilho e no aspecto.
 
As proteções cerâmicas rápidas em spray apresentam as mesmas características dos coatings, mas duram menos.
A principal característica é a repelência de água e de sujidade, nenhuma cera ou selante chegam perto destas proteções.
Enquanto a durabilidade, na minha experiência, duram um pouco mais do que muitos selantes e ceras.
Ao contrário do Detalhe, vejo no geyon wetcoat e outros produtos semelhantes, boas propriedades para se utilizarem como proteções únicas.
Onde este tipo de produtos perde claramente para muitos selantes e ceras é no brilho e no aspecto.
É pena perderem no aspeto do brilho! Eu falo por mim . . . . Adoro o carro a brilhar .. penso que a maioria do pessoal também

Tens ceras que facilmente chegam a 6 meses de duração por isso dizer que estes selantes duram mais é arriscado mas é o que o Carlos diz, muitos ainda estão a ser testados, daqui a uns tempos a malta terá opiniões mais formador
 

Detalhe

Administrador
Staff
Alguém tem opinião do Fictech Gliss?

Não se ouve falar muito nos fóruns. Já vi em algum lado que tem a volta de 8% de SiO2 o que parece acima do normal nos produtos do género (normalmente Mas não vi nada concreto de durabilidade.

Mothers Cmx há americanos que dizem que ao fim de 1 mês perde o efeito de replencia da água.

Meguiars Hybrid Ceramic Wax já se fala de 2 a 3 mese de duração com bons resultados. Mas a pessoas que dizem que é mais difícil de o carro ficar sem manchas

Enviado do meu ANE-LX1 através do Tapatalk
O Gliss é dos produtos que mais me surpreenderam ultimamente, facílimo de aplicar, mais fácil que alguns QDs, e deixa um excelente acabamento a nível de suavidade e repelência. Sobre o brilho, se ele existir antes da aplicação, vai continuar a ser excelente.
Em termos de durabilidade, nos painéis do carro onde o apliquei, já leva 2 meses e continua aí.
 

Detalhe

Administrador
Staff
É pena perderem no aspeto do brilho! Eu falo por mim . . . . Adoro o carro a brilhar .. penso que a maioria do pessoal também

Tens ceras que facilmente chegam a 6 meses de duração por isso dizer que estes selantes duram mais é arriscado mas é o que o Carlos diz, muitos ainda estão a ser testados, daqui a uns tempos a malta terá opiniões mais formador
Ainda que uma determinada cera dure um ano, a menos que se faça uma manutenção habitual, o aspeto não se vai manter igual, pelo que a termos que aplicar uma spray wax ou QD de vez em quando, custa tanto como aplicar uma CMX / CanCoat / Gliss / One, etc.
 
O Gliss é dos produtos que mais me surpreenderam ultimamente, facílimo de aplicar, mais fácil que alguns QDs, e deixa um excelente acabamento a nível de suavidade e repelência. Sobre o brilho, se ele existir antes da aplicação, vai continuar a ser excelente.
Em termos de durabilidade, nos painéis do carro onde o apliquei, já leva 2 meses e continua aí.
Obrigado pelo relato.

Já agora 2 dúvidas confirmar-se o 8% de SiO2 no Gliss? Outra tem a ver com o brilho, sempre fiquei com a ideia que os coating cerâmicos (pelo menos os verdadeiros) tinham muito mais brilhos do que qualquer uma cera.

Enviado do meu ANE-LX1 através do Tapatalk
 
Top